MAIS CONSULTORIA EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

A Mais Consultoria é a Empresa Junior do curso Engenharia de Produção da Universidade Federal de Juiz de Fora. Há sete anos no mercado, a Mais atua nas áreas de Gerência da Produção, Qualidade, Estratégia e Organização, Gerência Financeira e Engenharia do Produto. Os projetos são desenvolvidos por graduandos e contam com a orientação de profissionais qualificados em cada área. A certificação na norma ISO 9001:2008, os prêmios MPE Brasil 2009 e PRQ - Zona da Mata 2009, baseados no Modelo de Excelência em Gestão da Fundação Nacional da Qualidade, vem ratificar a seriedade e o compromisso da empresa com a prestação de serviços de qualidade.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

A Importância das Pessoas nas Organizações

        A Gestão de Pessoas tem sido a responsável pela excelência de organizações bem-sucedidas e pelo aporte de capital intelectual que simboliza, mais do que tudo, a importância do fator humano em plena Era da Informação.
       Com a globalização dos negócios, o desenvolvimento tecnológico, o forte impacto da mudança e o intenso movimento pela qualidade e produtividade, surge uma eloqüente constatação na maioria das organizações: o grande diferencial, a principal vantagem competitiva das empresas, decorre das pessoas que nelas trabalham. São as pessoas que mantêm e conservam o status já existente e são elas – e apenas elas – que geram e fortalecem a inovação e o que deverá vir a ser. São as pessoas que produzem, vendem, servem ao cliente, tomam decisões, lideram, motivam, comunicam, supervisionam, gerenciam e dirigem os negócios das empresas. Dirigem inclusive outras pessoas, pois não pode haver organizações sem pessoas. E, no fundo, as organizações são conjuntos de pessoas. 
       Ao se falar em organizações, forçosamente se fala em pessoas que as representam, que as vivenciam e que lhes dão personalidade própria. A maneira pela qual as pessoas se comportam, agem, trabalham, executam, melhoram suas atividades, cuidam dos clientes e tocam os negócios das empresas, varia em enormes dimensões. E essa variação depende, em grande parte, das políticas e diretrizes das organizações a respeito de como lidar com as pessoas em suas atividades.
       Hoje, fala-se muito em administração com as pessoas. Administrar com as pessoas significa tocar a organização juntamente com os colaboradores e parceiros internos que mais entendem dela e de seu futuro. Uma nova visão das pessoas não mais como um recurso organizacional, um objetivo servil ou mero sujeito passivo do processo, mas fundamentalmente como um sujeito ativo e provocador das decisões, empreendedor das ações e criador das ações dentro das organizações. Mais do que isso, uma agente proativo dotado de visão própria e, sobretudo, de inteligência, a maior, a mais avançada e sofisticada habilidade humana. 

Idalberto Chiavenato
Fonte: Chiavenato, I. (1999). Gestão de Pessoas (17ª Edição ed.). Rio de Janeiro: Editora Campus Ltda.

Breno Cunha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário